Embora pareça simples, a utilização dos serviços por meio de um aparelho celular é muito mais complexo do que você imagina! Pra tentar descomplicar um pouco sobre como esses serviços funcionam, vamos te explicar por aqui o essencial para entender ✨rapidinho✨ os motivos que podem estar interferindo na sua conexão - seja por ligação, sms ou internet.

Ligações

Homem de camisa xadrez sorrindo e falando ao celular

Na realização das ligações, o que acontece é a transformação da nossa voz - ou de qualquer outro som - em sinais elétricos que se comportam como ondas de rádio. Mas como o sinal chega até a gente?

Como os sinais se comportam como ondas, não é necessário o uso de fios. No entanto, precisamos de antenas que fazem a captação desses sinais vindos do aparelho, e que depois direcionam a ligação para uma central - que faz a localização da pessoa pra quem você tá ligando. Assim, a ligação se completa e a comunicação é efetivada!

Vale lembrar que o celular precisa estar ligado e com área para que o recebimento e a realização seja efetiva, tá? O sinal do aparelho funciona como se fosse uma espécie de GPS para que os números sejam encontrados.

Por que não consigo fazer ou receber ligações?

Existem diferentes fatores que influenciam no recebimento das ligações.

Um deles justamente é o sinal do chip no aparelho. Se na região em que você estiver as antenas locais para captação dos sinais estiverem com alguma instabilidade, as ligações não são transmitidas para as centrais, ou seja, não haverá rede disponível para chamada de voz.

Mas e quando o chip tem sinal?

Nos casos em que você não consegue efetuar as chamadas, verifique se o código de ligação aplicado na chamada está correto, se possui minutos ativos para a realização da ligação e até mesmo verificar se tem algum bloqueio no seu aparelho.

Nossa, precisa de tudo isso para efetuar uma ligação? Sim! Vamos te explicar!

Se o código da operadora estiver incorreto e não estiver sendo aplicado, a chamada não encontra a conexão entre a operadora e a rede que mediará o envio dos sinais. O mesmo vale com a presença de minutos ativos ou alguma configuração no aparelho, se tiver algo fora do normal pra realização das ligações, elas não chegam direitinho na central.

E quando não recebo as ligações?

Para que você receba ligações certinho, é preciso analisar efetivamente o caminho que a ligação está realizando. Mas, como assim?

Se o número que está te ligando estiver com todos os pontos conferidos e adequados para a realização da chamada, é preciso verificar se há algum problema na sua linha. O mais comum é uma desatualização do banco de dados das operadoras, principalmente, após o processo de portabilidade do número.

O que acontece é que a central possui um banco de dados atualizado a cada segundo onde estão todas as informações de localização (o local em que você está mesmo) e também em qual operadora o seu número está. Se a informação estiver desatualizada, o redirecionamento da ligação vai pra operadora errada e a ligação não chega até você. 😞

Mas vale lembrar também: a cobertura também é importante em relação ao recebimento das chamadas.

Como funcionam as ligações interurbanas?

A utilização de códigos da operadora servem principalmente para ligações que não sejam no DDD do seu número, ou seja, as ligações interurbanas e interestaduais.

Com o código é possível encontrar a rede e a conexão estabelecida pela operadora para a chamada funcionar. É importante lembrar que o código varia de acordo com a empresa responsável pelo seu número.

Outro ponto importante é a atuação do roaming nacional da empresa. Mas o que é roaming nacional?

O roaming nacional é o que permite que os serviços funcionem corretamente mesmo que você esteja fora do seu DDD de origem, ou seja, você conseguirá enviar e receber ligações, usar a internet e também os SMS mesmo fora da área de cobertura contratada (DDD do seu número).

Também existe o roaming internacional que é quando você viaja para outros países e o seu aparelho continua a funcionar!

E quando a ligação completa e cai no meio?

Nesse caso, o que gera esse comportamento é justamente o sinal da rede. Quando uma chamada está em andamento, ela acontece utilizando um canal de frequência que esteja livre.

Se tiver qualquer interferência nesse canal, por exemplo, se a rede passar por alguma instabilidade, ou se você estiver em movimento de um local para o outro, pode ocorrer a necessidade do aparelho celular encontrar um outro canal livre de frequência para manter a chamada - mas não é sempre que isso acontece. Ao não encontrar um canal livre, a ligação não é mantida e cai.

SMS

Pessoa utilizando o celular para trocar mensagens de texto

Como funcionam os SMS?

O serviço de SMS só passou a ser utilizado pelas operadoras brasileiras em 2001, mesmo que o primeiro SMS tenha sido enviado em dezembro de 1992. Embora a utilização dos SMS tenha crescido continuamente desde então, você sabe como o serviço funciona?

Assim como as ligações, os SMS também seguem um caminho específico para que eles sejam transmitidos corretamente. Desse modo, quando a mensagem de texto é enviada, ela passa por uma torre que redireciona a mensagem para uma plataforma e só depois, que o SMS chega até você.

Mas para o SMS ser recebido ou enviado é necessário ter rede no chip do seu aparelho e estar tudo certo com o seu número. Mas o que isso quer dizer?

Existem dois tipos de SMS: os chamados ShortCodes e os conhecidos como LongCodes.

Os ShortCodes correspondem aos códigos de confirmação enviados por aplicativos e sites, por exemplo. Já os LongCodes são os SMS enviados por intermédio da operadora.

O envio dessas mensagens ocorre de maneiras diferentes:

  • Os SMS “normais” - que aparecem como enviados por números de telefone convencionais - seguem o caminho exposto pras ligações: passam por uma rede para que sejam redirecionados para uma plataforma e só depois que a mensagem chega nessa plataforma, a operadora redireciona o SMS para o seu número;
  • Já o envio dos ShortCodes ocorre utilizando-se de intermediários. Ou seja, antes da mensagem ser mandada diretamente para a rede é preciso que a solicitação da mensagem seja estabelecida corretamente com esses intermediários e só depois (se estiver tudo certo com o número) a mensagem é direcionada para o caminho convencional. Nesse caso, se a sua operadora não estiver atualizada com os intermediários, a mensagem não chega até você já que a rede acionada não é a mesma a que seu número pertence.

Internet

Mulher sorrindo e mexendo em um notebook sentada em um sofá

Hoje em dia é muito difícil encontrar alguém que não utilize a internet em um celular. Enquanto a distribuição do sinal da internet pelo Wi-Fi acontece por meio da utilização de um roteador, a internet móvel da operadora funciona de uma maneira um pouco diferente.

💡
Saiba mais sobre a internet com nosso conteúdo O que todo mundo deveria saber sobre a internet

O que acontece é que a captação das ondas de sinal ocorre pelas antenas construídas pelas operadoras que acabam dissipando a informação. Como a distribuição ocorre pelas antenas, para que consiga usar os dados móveis da maneira que deseja é necessário estar no raio de captação do sinal da operadora.

Ao contrário da utilização do Wi-Fi, que oferece uma internet ilimitada com uma velocidade fixada de acordo com a contratação, a internet utilizada pelo chip da operadora é contratada por “quantidade” que são as conhecidas franquias de internet (só lembrando que o WhatsApp na Fluke é ilimitado então não gasta seus dados nessa franquia 😜).

A conexão então é estabelecida por frequências diferentes que possuem características de cada uma. São as famosas redes  2G, 3G, 4G, 4,5G e agora a 5G. Existem alguns casos, ainda, que além de ativar o seu chip, você precisa configurar a APN no seu celular pra conseguir utilizar a sua internet após a contratação de um plano.

Cada uma dessas redes apresenta um foco de atuação e uma velocidade de navegação específicas. Sendo bem simplista, em relação a internet, quanto maior a tecnologia, maior a velocidade de conexão.

Por conta dessas diferenças é comum a rede trocar de 4G para 2G durante ligações. Isso porque a rede 2G é a rede que atua na frequência que proporciona a conexão por voz sem a necessidade de internet.


Conseguiu entender um pouco melhor como funciona a conexão e a rede pro seu celular? Agora quer saber mais sobre como é na Fluke? Acesse nosso site e saiba mais!